Anima – Fran Briggs & Anna Giovannini

DSC_0452

Pegando carona no projeto que estou participando e com o filme A Bela e A Fera chegando, li o mangá Anima, uma releitura da história que conhecemos feito pelas brasileiras Fran Briggs e Anna Giovannini. Apesar de ter elementos e cenas que lembram a animação de 1991, consegue ser original na história de cada personagem, seu visual e até mesmo em seus nomes.

☆Sinopse Oficial☆

Um príncipe dos ladrões amaldiçoado após cometer um erro terrível. Uma cortesã que ainda sonha com romances e contos de fadas. Uma reinterpretação de uma das fábulas mais amadas de todos os tempos, ANIMA lembra-nos dos monstros que existem dentro de cada um de nós, e de como nossas ações podem libertá-los e torná-los reais…

☆☆☆

As autoras surpreenderam criando uma história de vida para Amadeus (Bela), Damaran (Fera), Alexis (acredito que Gaston) diferente das já conhecidas e inserindo personagens completamente novos. Na verdade, digo que Alexis é o Gaston, mas é complicado afirmar isso quando a história só é igual a animação em sua essência, de um príncipe que vira uma fera, uma garota sonhadora e que acabará por muda-lo. As motivações dos personagens também são diferentes. Amadeus não troca de lugar com seu pai na prisão de Damaran, ela troca de lugar com sua amiga Cleo, que invadiu a mansão da fera para roubar objetos e ganhar dinheiro com eles.

Como perceberam, os nomes foram mudados, assim como as aparências. O único que se aproxima do que já conhecemos é Damaran. Achei interessante e muito bom o novo design que deram para todos. Um dos acréscimos à história foi uma personagem transsexual, a Cleo, e o preconceito que sofre. Essa foi a primeira vez que li algo com uma personagem trans. Para mim, mostraram criatividade e originalidade nas mudanças e se destacaram de outras tantas releituras. Um outro livro que me fez pensar desta mesma maneira, de ficar surpresa e feliz com o rumo que tomou, foi Encanto Mortal, da autora Sarah Cross, que li anos atrás.

Algo que me incomodou um pouco foram alguns diálogos, mais precisamento o uso de expressões atuais. Apesar das autoras não definirem um período onde se passa a história, ver aquelas palavras me fez estranhar. Outro problema foi que quando estava entrando na história… acabou aquele volume e ficou com um gostinho de quero mais. Por um lado é bom e por outro ruim, quero saber o resto da história, mas me deixou frustrada porque não tenho em mãos.

Tudo que falei a respeito do mangá é da versão vendida de maneira independente que tenho, de 2015, com três capítulos. Em 2016, na Comic Con Experience, foi lançado pela editora Jambô o volume fechado com oito capítulos, entre eles os três que tenho em mãos, agora vendido pela Amazon (pode clicar aqui para comprar) e pela loja NerdZ (pode clicar aqui para comprar), então não sei se houveram mudanças na arte nem no roteiro, mas assim que puser as mãos nessa nova edição, conto aqui! A nota que dei para Anima foi 3/5 estrelas no Skoob.

Um pouquinho de como é por dentro:

DSC_0456

DSC_0463DSC_0466

DSC_0467

DSC_0474
Arte que ganhei junto do mangá

Caso leiam, me contem o que acharam!

Garotas que estão participando da #MaratonaDiadaMulher: Nerdivinas, 3a Edição, Carrisa Vieira, Apenas uma Editora, Sonhando Através de Palavras, @cantinho_da_nick, faNATic, Mirela Paes ❤

Até logo o/

InstagramFilmowMyAnimeList

Resultado de imagem para bela e a fera gif

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s