Ansiedade, Faculdade de Cinema e “Ser a Melhor”

Tenho crises de ansiedade. Apesar de sofrer desse mal há anos, só ano passado fui descobrir que o que tenho que lidar tem nome, que um monte de outras pessoas passam por isso e que não é “frescura” minha. Quando começa a semana de provas, chega em um ponto que todo o estresse, medo de falhar, entre outras tantas coisas que passam na minha cabeça, me deixa doente. E não adianta nem me distrair, porque simplesmente não consigo me focar em nada mais, sempre uma vozinha me lembra que deveria estar estudando (para coisas que já sei de cor) e que a prova está chegando. Aliás, esse foi o motivo de não ter tido posts novos por aqui, sorry.

Já contei que estou fazendo faculdade de Cinema? Se não contei… agora já sabem! Estou realmente empolgada e achando que finalmente encontrei minha área, ao contrário de Relações Públicas, curso que parei depois de dois anos. Poderia ser tudo muito bonito, tudo maravilhoso, se minha ansiedade não atacasse em toda prova e eu me cobrar dobrado para ser “a melhor”.

Talvez, só talvez, metade dos meus problemas envolvendo ansiedade seriam solucionadas se eu não tivesse esse “probleminha” de querer ser “a melhor”. Melhor em que? Da minha área, da turma, de tudo que faço. O que, vamos combinar, é impossível. Não dá pra ser bom, por exemplo, em todas as áreas de Cinema, por isso que existem as especializações, cada um trabalha com o que mais agrada (seja por retorno financeiro, por ter certa facilidade, tem diversos motivos). Não só isso, tem muita gente boa na minha classe, tanto os que são muito bons na parte teórica, os que são bons na parte de operação de câmera, outros na parte de oficina de som (que sou péssima, tenho que admitir). Sou uma ótima aluna, sei disso, mas tem aquela vozinha, aquela mesma, que me diz que tenho que ser ainda melhor, ser perfeita, aí me estresso, minha ansiedade ataca e uma bola de neve se inicia. Claro que tem um motivo, um dos na verdade, do porquê quero ser tão boa, não tenho esse desejo só por desejar.

Desde que decidi que Cinema era o que queria fazer, decidi também que queria fazer seis meses de faculdade nos Estados Unidos. Se não conseguir isso, uma pós, um curso de curta duração… Quero ter essa experiência na minha vida, de estudar fora do Brasil. Mas vamos admitir, para conseguir isso, preciso ou conseguir uma bolsa ou ter dinheiro para esse investimento (um investimento muito caro, diga-se de passagem). Minha faculdade tem parceria com um banco que se você permanecer com notas acima de 80 (sim, minhas notas vão de 0 a 100) pode se inscrever nas vagas que aparecem e é isso que quero conseguir. Já prometi a mim mesma que não vou me matar para conseguir que essa meta se concretize, claro, mas também não vou deixar de me empenhar!

As provas enfim terminaram, só faltam alguns poucos trabalhos e estou finalmente podendo fazer o que amo: escrever. Não um resumo, não um trabalho (oi aula de Roteiro, te amo, mas preciso de férias), algo bem “eu”! Não vou recomendar nenhuma fórmula mágica para curar a ansiedade do mundo, porque, bem, infelizmente não existe e não é essa a proposta desse post. Só espero que euzinha (e ocasionalmente alguém que está passando pelo mesmo ou algo parecido) não deixe isso me prejudicar e que consiga conquistar todas as coisas que quero (e vou) conquistar! ☆

Até logo o/

Instagram ♥ Filmow ♥ MyAnimeList

Mulan me deixa motivada, então vai ser o gif do dia haha

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s