Death Note (Netflix)

Resultado de imagem para death note netflix

Acabo de assistir a adaptação feita pela Netflix do famoso mangá/anime Death Note. É uma história que muito me agrada pelos temas que ele levanta, entre eles: é certo um indivíduo decidir quem merece a morte? Será que ele mesmo não se torna tão criminoso quanto aqueles que ele matou? É uma história densa e às vezes é difícil de saber para quem você está torcendo. Sinceramente não esperava que nenhum dos acontecimentos do original aparecessem neste longa, mas queria que essa ideia geral, de se perguntar se aquilo que Light, protagonista da trama, se propôs a fazer é certo ou errado, estivesse presente e em alguns momentos conseguiram passar isso, mas no resto do tempo… bem, foi bem difícil de se assistir.Leia mais »

Músicas para cantar e dançar

Às vezes tudo o que você mais precisa é de uma boa música, uma música para ouvir milhões de vezes, decorar toda a letra e depois cantar junto, talvez até dançar. Caso esteja precisando disso e/ou de novas músicas no seu celular, aqui vai uma lista imeeeensa que vai de filmes da Disney, Rock, K-Pop, abertura de anime, até Funk e que me animam bastante. Espero que alguma música te agrade 🙂Leia mais »

Turma da Mônica Jovem 04 – Mônica e o Cavaleiro

DSC_0751

Na nova edição da Turma da Mônica Jovem temos uma personagem que já deu as caras há um longo tempo atrás, mais precisamente na revista número 43: Princesa Safiri, mais conhecida por seus súditos como Príncipe Safiri, regente de uma terra onde mulheres não podem governar e onde o segundo na linha de sucessão é o filho de uma família gananciosa e cruel, por isso esconde a verdade de todos. A famosa personagem de Osamu Tezuka convida seus amigos do Bairro do Limoeiro para a comemoração de seu 15º aniversário onde se tornará cavaleiro protetor do reino, numa história com romance, aventura e amizade entre mulheres!

Leia mais »

Clockwork Planet – Primeiras (e Péssimas) Impressões

Clockwork Planet

Na breve história do Unicórnio Espacial, poucas foram as vezes onde falei mal de algo, seja de um livro, filme ou anime. Foram menores ainda as vezes onde falei muito, muito mal, como em Diabolik Lovers – Surpreendente, no pior sentido, e aqui estou, novamente, prestes a desabafar e falar o quão revoltada fiquei com Clockwork Planet, do mesmo autor de No Game No Life. Se preparem, nas próximas linhas terão vários spoilers do primeiro episódio.Leia mais »